terça-feira, 12 de novembro de 2013

O INSONDÁVEL MISTÉRIO DO SER VII


O INSONDÁVEL MISTÉRIO DO SER
EU SOU LUZ, SAÚDE PLENA E PAZ!”
VII
Continuando... OS ÁTOMOS (Semideuses?...)
Dando continuidade a nossa jornada ascensional vamos explorar um pouco mais a forma como somos influenciados pelo campo das vibrações. Não consigo pensar em outra coisa que não seja a de liberar a todos o que representa em nós a Força Atômica e que tipo de atuação ela tem em nossas composições.
A verdade é que em todos os âmbitos de nossas vidas estas condições propostas pela Energia do Átomo interagem conosco na condução de formação na Personalidade que compõem o sistema social humano e por não termos conhecimento sobre eles não os ajudamos na consecução perfeita da obra.
Enquanto não nos doutrinarmos com relação a nossa condição de podermos dirigir as energias que nos envolvem, porque dominá-las jamais iremos conseguir, continuaremos a ser condicionados a seguirmos os ditames circunstanciais que nos testam e moldam nosso caráter na consecução de uma caminhada evolutiva que tem por fim sermos Eternos Viajantes na luz. Este doutrinar nos encaminhará ao conhecimento de que a Luz é a responsável por toda expressão visível da matéria, sem a Luz nada existe, pois, na escuridão a matéria é invisível...
Chegaremos lá! Paciência!
Agimos e interagimos inconscientemente dentro de uma névoa que nos mantém interligados de forma a buscarmos soluções para determinados conflitos em lugares que muitas vezes não sabemos o porquê estamos ali, somos capazes de descermos a condições aparentemente inferiores e nestes momentos é que deveríamos trabalhar com afinco o campo das reflexões para ao invés de ficarmos a mercê das consequências sejamos capazes de sermos combatentes das causas que são as matérias primas de tantos dissabores que nos assolam a vida.
Seja qual for a nossa idade, é sempre tempo para aperfeiçoarmos nossa maneira de pensar, interpretar e agir, nas situações que a vida nos apresenta. Ao ser humano foram dadas faculdades mentais para pensar, astrais para sentir e a composição física para agir, entretanto, toda dor e sofrimento que lhe abate o ânimo ou a satisfação e a alegria que deveriam ser a sua única expressão, é consequência da maneira como fez uso do pensamento recebido.
A causa de todos os males está na forma dos pensamentos que não são analisadas as suas emissões quando ainda em suas Secções de Recebimento. Até porque estamos sendo inseridos nesta cultura há muito pouco tempo, era comum ouvirmos falar em dominar os pensamentos, mas, a sua prática não nos era solicitada com afinco e muito menos como uma disciplina capaz de nos modificar as reações que propunham este pensar sem controle o que em minha convicção deverá ser ensinado desde a mais tenra idade aos Seres em processo de Evolução.
Lamentavelmente, isto não é, ainda, proposta de Formação Humana.
Saber de onde veem, e como podemos disciplinar a emissão pensativa será um passo grandioso na sequência Vida para engrandecimento da Raça humana e a sua penetração nas camadas Espirituais sem a conotação do Mistério, por quê... Você é o Mistério Maior!
A grande verdade é que jamais poderemos sondar ou buscar a entender o Universo que nos rodeia sem que sejamos plenamente conhecedores sobre nossos corpos e qual a sua relação com o Cósmico, esta é uma maneira que temos para nos conhecer, a outra é começarmos estudando o Cósmico e vermos que somos uma parte fundamental deste Complexo Universal como disse a bem pouco tempo atrás. Assim afloraremos a Consciência sobre ações.
Não importa qual caminho tomamos, os dois levarão ao mesmo objetivo, o de Conhecermo-nos. Inclusive, por que não vejo a Evolução de Um sem o Outro – O Cósmico sem Eu não é nada e Eu sem o Cósmico não existo! Pense Nisto, e sinta se é possível você ser fora deste contexto!
Iniciaremos então, nosso mergulho ao Interior desta fantástica Máquina denominada de Corpo Humano pela Central Energética por onde tudo tem o seu começo, a Cabeça, a Suprema Caixa Encefálica aonde chegam e partem todas as informações, orientações e ações motoras e as intuitivas, também conhecidas como psicomotoras e psicossomáticas, ao entendermos as suas missões permitiremos a unicidade destas duas forças de poder inigualável que se encontram a serviço do Centro Neuronal Humano.
Veremos que todas as funções que operam dentro desta Caixa Craniana são ferramentas usadas na formatação da Personalidade que nos representará nesta caminhada terrena ou terráquea, como queiram.
Não quero me referir a formação científica na Anatomia do Cérebro, até porque não sou desenvolvido neste assunto, por não ser Médico muito menos Neuro fisiologista, mas, para que pudesse chegar aos conceitos que desenvolvi na busca mística e concreta pelo autoconhecimento fui levado a pesquisar as propriedades internas de minhas faculdades mentais, que são incógnitas para a maioria dos humanos.
As descobertas que fiz nos recessos de meu próprio ser me ajudaram a compreender que nos é possível, por disciplina adquirida na prática consciente, controlar a evolução de distúrbios e termos participação ativa no retorno da harmonização energética que por motivos alheios a nossa vontade ou com a nossa participação direta se instalaram em nossos corpos e mentes quais tenho o maior prazer da passar adiante para que não haja tanto sacrifício e trabalho a outros que desejam seguir este caminho, assim, me aterei tão somente às condições físicas que envolvem a nossa evolução dentro da capacidade cerebral para depois penetrarmos nas atribuições Metafísicas da cada órgão que completam a unicidade corpórea.
Apesar da evolução nas Pesquisas Científicas, estamos caminhando com velocidades desconhecidas até agora dentro do terceiro milênio e o Cérebro Humano é ainda um Labirinto para a própria Ciência que, apenas, está arranhando as suas superfícies em busca de respostas para tantos mistérios que envolvem este Complexo Universal dentro e a disposição do Homem...
Como tudo começa
Poderíamos elaborar um tratado com a finalidade de explicar a funcionalidade Cerebral de acordo com a Ciência convencional, ficando claro que somente Ela é capaz de provar veracidade em qualquer descoberta que seja feita em relação, porém, não podemos deixar ser abafado pelo coletivo esquecimento, que Grandes Mestres do passado como Rosacruzes, Mações, Hinduístas, Budistas e tantos outros Místicos honestos que se colocaram a disposição da pesquisa em si mesmo nos deixaram transmitidos de boca a ouvidos grandes descobertas nas Funções psicomotoras e psicossomáticas no reino Humano, que hoje são comprovadas pela Ciência Convencional, a qual já está aceitando diagnósticos de cunho espiritual para os distúrbios do corpo. Que condição científica tinham aqueles homens que não, apenas os seus corpos como laboratório de pesquisas e neles desvelaram mistérios que ainda hoje não são capazes de serem explicados sem a conotação Metafísica.
Para que estes conceitos comuns sejam encontrados, basta fazer uma busca na Internet que ali estão aos borbotões.
Não é o nosso caso!
Por que quando nos referimos a entendermos o Insondável Mistério do Ser, nos colocamos em busca da retirada de Véus sobre aquilo que a Ciência não consegue ainda explicar. Por esta razão sou categórico em afirmar que: Enquanto Ciência Física e Ciência Metafísica não se fundirem em uma só continuaremos a nadar em superfícies desprovidas de convicções.
Tudo começa com um Coração que servirá de Sede para retirada de dúvidas para qualquer tipo de função que o restante do Corpo necessite para seu encontro com a harmonização uníssona em prol de seu perfeito funcionar.
Por que o Coração serve de retirada de dúvidas? – Sendo Ele o Órgão Primordial tem sobre sua responsabilidade o recebimento de todo sangue venoso, que ao percorrer o Sistema Irrigatório, traz toda informação acumulada durante o trajeto na viagem corpórea. Se formos capazes de vibrarmos em consciência uníssona com esta ação nos será facultada a possibilidade de evitarmos determinadas situações adversas que acompanharam o sangue e que não necessariamente precisarão retornar ao sistema com as mesmas qualidades adversas, podem até entrar, mas, não precisam ficar isto é fato. É um aprendizado que recebemos ao buscarmos o conhecimento sobre as nossas faculdades mentais e de que forma podemos operar conjuntamente.
Consciente e Inconsciente se mesclam e realizam o Dom da Vida plena!
Ajudante Mor do Coração
O Cérebro é o fiel escudeiro do Coração para desenvolvimento desta Conexão, a famosa Caixa Preta que guarda a Sete Chaves um prestimoso tesouro. Este Poderoso Órgão foi criado com a finalidade da organização pela Energia que lhe seria peculiar armazenar e distribuir conforme solicitações exigidas dentro e fora do corpo.
Dentro deste fantástico Palco transitam os atores principais que conhecemos por Átomos, são recebidos e enviados em vertiginosa oscilação que não somos capazes de calcular a quantidade exata de sua passagem, que ao se agregarem por afinidade com o Livre Pensador permitindo o recebimento e a emissão de pensamentos que se manifestarão seguindo um princípio de imagem e semelhança com a fonte.
Como já falamos não somos criadores de nenhum pensamento, eles estão prontos em um plano não muito bem definido pela ciência, poderíamos fazer uma analogia da seguinte forma; A televisão pode ser comparada ao Cérebro que tem quando ligada todas as informações que precisamos para estarmos cientes dos acontecimentos no mundo, mas, como também, nos beneficia com filmes, novelas, enfim, entretenimentos variados, entretanto, todos aqueles que perfazem a grande cadeia televisiva não estão dentro do televisor são apenas viabilidades de uma energia recebida e que nem sempre se referem a atualidade dos fatos, por serem de ordem gravadas e não apresentações ao vivo. Isto quer dizer que vivemos, inclusive, nos meios de informações com lembranças e não com atualidades, então, com realidades passadas. Se por ventura quebrar uma peça deste aparelho receptor de imagens, não quer dizer que se consertado não voltará a cumprir com as suas funções corretamente, da mesma forma é o nosso Cérebro, vive e convive com lembranças gravadas, pois, como foi dito temos como Presente a bilionésima parte de um segundo, se não temos controle sobre esta partícula fragmentada do tempo é certo que estaremos mais no Passado do que no Presente e este período ínfimo pertence à Quarta Dimensão onde estão prenhes todas as atualidades, das quais não somos conhecedores, porém, abrirão seus Portais àqueles que se desejarem autoconhecerem.
Os Sentidos Físicos... Físicos? Vamos adiante!
Para que possamos ser conhecedores destes princípios que nos cercam se faz premente que nos familiarizemos primeiro com os nossos Sentidos.
Estas propriedades Cerebrais são as responsáveis por nos readaptar ao mundo das formas logo após a entrada da Alma em um novo corpo.
É em suas observações conscientes que somos levados a reconhecer aquele novo Tempo/Espaço que estamos sendo inseridos e nos permitirão se desejarmos, isso deixo bem claro, ativar nossas Memórias Passadas e trazer ao novo contexto em formatação reflexos que poderão ser saudáveis a contínua evolução, entretanto, enquanto não estivermos cientes de que seremos capazes de enfrentar estes Registros com frieza de Espectador e não com o calor dos Atores é melhor que se mantenham guardados em suas repartições de espera para que sejam expostos no momento adequado.
Quando desenvolvida a atenção e a concentração sobre os Sentidos, então poderemos estar começando a penetrar um pouco mais fundo em nós mesmos. Posso garantir que somente com este aprendizado já seremos possuidores de uma saúde invejável e muito pouco comum ao mundo.
O Corpo Humano é dotado de cinco faculdades específicas para reconhecimento do meio em que está lotado a viver, que são distinguidas pela Visão, Audição, Olfato, Paladar e o Tato.
Somente um deles está fora da Cabeça, este ao contrário dos outros leva informação de fora para dentro e atua na área do registro Mental, sendo o único com propriedades expostas e que tem a condição de nos indicar, sem a necessidade dos outros, o reconhecimento de qualquer coisa que com ele estiver em contato.
Estamos falando do Tato, que tem a qualidade do reconhecimento por registro ou ele procura dar uma finalidade para algo desconhecido, por aproximação ou por sensibilidade manifesta, esta é a razão pela acentuada sensibilidade ao Tato que são portadores os deficientes visuais.
Esta propriedade está ligada ao Cérebro com a intenção de não permitir que sejamos enganados pelos outros quatro que são facilmente ludibriados pela Ilusão.
Ex: Se fecharmos os olhos e ao bebermos um suco artificial de Laranja, nos será transmitida a impressão de estarmos tomando um suco natural de Laranja. Correto? E não é, podemos, então, deduzir que fomos enganados pelo Paladar que não reconheceu veracidade no fato apresentado, porém, nossa mente dedutiva não tem o hábito natural de analisar o cotidiano para sermos plenos no recebimento das informações e libera o conhecimento que foi simplesmente armazenado quando se obteve pela primeira vez o sabor da Laranja. Já o Tato não tem esta possibilidade de ser enganado, pois, ele reconhece ou não pelo simples fato de tocar, para este Sentido está à condição do “isto é” ou “isto não é”. É ele o Guardião do Laboratório Homem...
Assim, mesmo tendo o suco com gosto artificial da laranja ao cair na língua é emitido um sinal fornecido pelo contato “Tato celular” direcionado ao Cérebro que leva a informação correta sobre o que se está bebendo. Assim como sentimos na língua a veracidade do exposto, é possível se disciplinarmos nosso campo celular para esta finalidade poderemos sentir o gosto ou a qualidade do objeto tocado desde a unha do pé até o fio de cabelo. Fantástico!
Com esta prática levada a termo seremos capazes em permitir a entrada de somente aquilo que for saudável em nossos corpos.
Sendo ele propriedade externa do campo Celular deve ser praticada a sua sensibilidade em todas as áreas do corpo para que sejamos conhecedores perfeitos de nossos corpos físicos e desta maneira capazes de percebermos condições, não implicando se antagônicas ou benfazejas, o que importa é que seremos sobre esta qualidade Senhores, automaticamente, criadores de uma proteção capaz de evitar o agregamento de atmosferas pesadas na sua periferia com possibilidades de invasão por falta deste conhecimento.
O aperfeiçoamento desta prática pode levar o Ser Humano a encontrar a plenitude na Felicidade pela realização de uma saúde perfeita controlada humanamente. Será isto, uma Utopia?... Garanto, também, que não!
Falaremos mais tarde, como poderemos desenvolver esta sensibilidade a qual nos possibilitará uma saúde corpórea plena. Para que possamos chegar a um desenvolvimento mais ou menos perfeito é necessário que vasculhemos com acurado esmero nossas capacidades mento/cerebrais.
Porque me direcionei ao Tato como sentido principal?
Por que será através dele, que conseguiremos dar manifestação às sensibilidades mais intensas da Vida. A Visão, a Audição, o Olfato e o Paladar nos demonstram sensações que só conseguimos provar pelo tato, somente o Tato nos oferece a Experiência, a fumaça nos conduz mentalmente ao Fogo que só conseguimos experienciar se formos tocados pelo fogo (queimados); na eletricidade o Tato nos dá a experiência do choque e assim sucessivamente em toda e qualquer área do físico é Ele que nos faculta experiência e posterior convicção.
A Neurociência é a encarregada em desvendar os ocultos processos cerebrais e trazer a Luz do Conhecimento faculdades que poderão nos delinear caminhos nos campos das pesquisas internas em prol de um desenvolvimento seguro sem a preocupação de nos perdermos, apesar, de ser matéria de cunho muito difícil, teremos que um dia nela entrar e libertarmo-nos dos limites que nos são impostos.
Minha preocupação está em que estas sejam pesquisas feitas em cadáveres que estão isentos de vida, portanto, respondem, apenas, em campos da fisiologia ou estudo da matéria o que não permite conhecimento sobre funções metafísicas das quais o Cérebro se apoia para poder realizar satisfatoriamente a sua missão.
Vimos, então, que são analisados e pesquisados pedaços de carnes destituídos de Alento Vital, por serem extirpados para análise não fornecem uma resultante real nas suas ações em relação ao contexto geral corpóreo.
Este Elemento Vital é o responsável para que haja equilíbrio nas inter-relações do Organismo Humano. Sem Vida não podemos saber até onde um Órgão interfere ou vibra satisfatoriamente no outro, permanece-se, apenas, na subjetividade da análise por mais avançada que nos possa parecer à Pesquisa.
O Único exame com qualidade plena é aquele que fazemos sobre nós mesmos, procurando conhecer cada detalhe de nosso corpo físico, observando ações e reações que lhe resultem manifestações salutares ou não.
Ao desenvolvermos técnicas meditativas que nos possibilitem sentir as ações que atuam em nossos Órgãos internos e desenvolvermos a consciência de que podemos interagir, ajudando-os para que plenamente se realizem é o caminho para a perfeição Anímica/Consciencial que buscadores sinceros vêm trilhando a milhares de anos.
Sabemos que podemos atrapalhar ações benéficas com maus tratos, o inverso, também, é verdadeiro.
Ao examinarmos estes comportamentos que se expressam em nossos corpos vamo-nos libertando e os liberando de determinadas limitações que não permitem uma convivência saudável e conscientes conosco mesmo, além de que nos qualificamos a reconhecer certas falhas que até então nos passavam despercebidas. Passamos a agir e interagir com e no corpo para facultarmos uma estrutura molecular capaz de vencer as barreiras das imperfeições que certamente continuarão a se apresentarem na jornada existencial.
Sei ser muito cansativa toda esta busca que nos propomos a executar, entretanto, mais, hoje ou mais amanhã seremos chamados a percorrer este caminho, que sejamos corajosos de colocarmos os nossos pés nele hoje para que amanhã não sejamos alcançados pelos desistentes e assim possamos voltar na Escada dar a mão em auxilio ao desavisados.
Deixo para esta semana que cada um seja capaz de levar consciência aos seus sentidos, dando prioridade ao Tato o Mestre de todos eles.
Daremos seguimento por mais um tempo sobre os sentidos para, então, penetraremos em Câmaras mais Profundas e delas retirarmos os Véus que as proíbem de acordarmos os Semideuses que nos habitam e protegem contra nós mesmos...
Boa leitura a Todos e Muito Sucesso em todos os âmbitos de suas Vidas!

EU SOU
EL PENSATOR!
Carlos Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário